Categorias

Designer cria fraldas biodegradáveis ecológicas feitas de algas marinhas

Marcella Blass
2 de Julho de 2021


Crédito: Divulgação/Sumo

A designer alemã Luisa Kahlfeldt é a responsável por criar a marca de fraldas biodegradáveis Sumo. A ideia nasceu como uma alternativa sustentável ao descarte incorreto de milhões de fradas de plástico que acontecem apenas na União Europeia, onde ela vive.

Leia mais:
Startup cria embalagens 100% biodegradáveis que viram adubo
Projeto doa absorventes para meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade

Para confeccionar as peças sustentáveis, a designer usou um tecido chamado SeaCell. De acordo com a empresa, ele é extremamente absorvente, antibacteriano e naturalmente protetor para a pele. Se trata de uma fibra de celulose feita de extratos de algas marrons e polpa de madeira.

A fralda Sumo é composta por três camadas. A externa é macia, a intermediária é impermeável e a interna altamente absorvente. O que garante conforto à pele sensível dos bebês e proteção contra vazamentos – para a alegria dos pais.

Além de 100% biodegradáveis, as peças são reutilizáveis e podem ser lavadas repetidas vezes na máquina de lavar roupas. Com todas essas características sustentáveis e de conforto e segurança para bebês e pais, a fralda se tornou referência mundial para novos modelos que visam reduzir o impacto ambiental negativo.

Agora, o objetivo da designer é que mais fabricantes se inspirem em trazer novas alternativas sustentáveis para o mercado. A ideia é que os materiais usados na Sumo possam inspirar projetos futuros que ajudarão a construir um futuro melhor e mais limpo.

Quer fazer trabalho voluntárioClique aqui e encontre um com a sua cara

GUIA DO VOLUNTARIADO

Receba com exclusividade nosso e-book sobre voluntariado.

ACESSAR O E-BOOK

© 2021 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir