ONG reaproveita flores de casamentos e eventos sociais para presentear idosos

Da Redação
17 de Dezembro de 2018


Crédito: Reprodução/Facebook

Lindas e, muitas vezes, caras, as flores são presença obrigatória em casamentos, festas de debutantes e outros tipos de comemorações. Porém, assim que a festança acaba, todos os arranjos são jogados no lixo. Mesmo que ainda estejam em ótimo estado. Mas com a ONG Flor Gentil isso não acontece. O projeto da florista Helena Lunardelli se propõe a prolongar a vida das plantinhas, entregando-as em casas de repouso, instituições assistenciais e para pessoas de baixa renda.

É possível realizar a doação das flores de um evento de três formas: entregando os arranjos diretamente na sede do projeto em um dia e horário previamente combinados, usando uma transportadora especializada no manuseamento – o frete fica por conta do doador –, ou entregando em um dos galpões de decoradores parceiros espalhados por São Paulo (SP).

Na prática, assim que os arranjos chegam na sede da Flor Gentil, eles são transformados em buquês, que serão entregues nas 60 instituições parceiras. O trabalho é realizado por duas floristas remuneradas e uma horda de voluntárias que se identificaram com o projeto. Até o momento, já foram entregues mais de 95 mil arranjos.

Leia mais
Lar Mamãe Clory dá apoio a crianças e comunidade do ABC Paulista
Cidade troca fogos de artifício por show de drones para proteger seus animais e florestas
Rastreamento e tecnologia ajudam a reflorestar Mata Atlântica

Para saber mais sobre o trabalho da ONG Flor Gentil, confira o vídeo:

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir