Categorias

Monge budista dedica sua vida ao resgate de milhares de animais abandonados



Crédito: Arnold Antoo on Unsplash

O monge chinês Zhixiang, chefe do tempo de Bao’en, em Xangai, dedica sua vida ao resgate de animais abandonados e em situação de maus tratos. Desde 1994, além de milhares de cachorros, ele também já ajudou outras espécies, como galinhas, gansos e até pavões.

Leia mais:
Animais exóticos são flagrados se refrescando em fonte de água; veja os clique
Casal já resgatou mais de 12 mil cães abandonados e maltratados

Após perder um animal querido em um atropelamento, o monge entendeu que salvar os animais do sofrimento era a sua missão de vida. Ele começou a sair de carro pela região em busca de outros bichos que precisassem de ajuda e fazer o resgate. Com o tempo, aprendeu a administrar medicações básicas e a aplicar as primeiras vacinas veterinárias. Logo, seu trabalho chamou a atenção de outras pessoas engajadas com a causa, que passaram a ajudá-lo com doações e trabalho voluntário.

Desde 2006, o monge concentra seu trabalho nas instalações do templo. Suas ações, agora, focam cães e gatos abandonados – um grande problema em toda a China. Zhixiang recebe ainda os animais de um abrigo local que não tem condições de alimentar e cuidar da bicharada. Depois de fazer o atendimento adequado, ele encaminha os animais para instituições sérias e compromissadas com a causa animal.

Quer fazer trabalho voluntário? Clique aqui e encontre um com a sua cara

O trabalho do monge já é bastante conhecido e atrai a atenção de pessoas que buscam adotar um novo melhor amigo. Mas Zhixiang segue bastante criterioso nesse processo e não entrega os animais nas mãos de qualquer um. Ele faz uma avaliação muito criteriosa sobre os tutores para garantir que os pets terão uma vida confortável, segura e saudável.

Conheça mais sobre o trabalho emocionante do monge na reportagem (com legendas em inglês) do site Shine:

© 2021 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir