Categorias

Dia Mundial dos Doadores de Sangue: tudo que você precisa saber sobre o assunto

Da Redação
14 de Junho de 2021


Crédito: Imagem de allinonemovie por Pixabay
Dia Mundial dos Doadores de Sangue: tudo que você precisa saber sobre o assunto

Hoje (14/6), é celebrado o Dia Mundial dos Doadores de Sangue. A data é a oportunidade perfeita para aprender mais sobre o tema, descobrir como ele impacta a área da saúde e até engajar pessoas com a causa.

LEIA MAIS: Doação de sangue cai durante a pandemia; veja como ajudar
Conheça a campanha “Doe Sangue. Salve Uma Mãe”

Jaqueline Sapelli, hematologista do Hospital A.C.Camargo e credenciada Omint, explica que a redução do estoque de sangue pode resultar no cancelamento de cirurgias e diversos tratamentos médicos. “Atualmente, todos os tipos sanguíneos estão em falta nos bancos do País, justamente por conta do cenário de pandemia, que afastou as pessoas dos centros médicos e hospitalares e vem impactando o tratamento de diversas doenças. O mais comum é que haja falta de O+ e O-, mas hoje os bancos de sangue necessitam de reposição de todos os tipos”, alerta.

O Busca Voluntária reuniu uma série de perguntas e respostas sobre o assunto. Confira!

Dia Mundial dos Doadores de Sangue: perguntas e respostas

Pessoas de todas as idades podem doar sangue?

Não. O doador precisa ter de 16 a 69 anos (desde que a primeira doação tenha sido feita até os 60 anos).

Quais são os requisitos principais para poder doar sangue?

O doador precisa pesar, pelo menos, 50 kg e estar bem alimentado. Além disso, deve ter dormido, no mínimo, 6 horas nas últimas 24 horas.

Quais são os fatores que podem impedir a doação de sangue temporariamente?

Existem vários fatores que podem impedir a pessoa de doar sangue por determinados períodos de tempo. Abaixo, confira alguns exemplos divulgados no site do Hemocentro de Ribeirão Preto (SP).

• Manipulações dentárias – esperar de 1 a 30 dias.
• Transfusão de sangue – esperar 1 ano.
• Brincos com antissepsia adequada – esperar 3 dias.
• Piercing – esperar 6 meses ou 1 ano após a retirada se o piercing estiver na cavidade oral ou genital.
• Acupuntura com material próprio ou descartável e feito por médicos ou técnicos autorizados – esperar 3 dias.
• Tatuagem ou maquiagem definitiva – esperar 6 meses após a realização ou 12 meses se não tiver certeza da segurança do procedimento.
• Gripe – esperar 7 dias após a cura.
• Parto ou aborto – esperar 3 meses.
• Cirurgias – esperar de 3 a 12 meses.
• Dengue – esperar 4 semanas.
• Dengue hemorrágica – esperar 6 meses.
• Zica – esperar 30 dias.
• Chikungunya – esperar 30 dias.
• Quem tiver recebido vacinação contra:
– Difteria, tétano, cólera, coqueluche, hepatite A, pneumococo, meningite – esperar 48 horas.
– Hepatite B recombinante – esperar 7 dias.
– Pólio oral (sabin), febre amarela, caxumba, BCG e sarampo – esperar 4 semanas.
– Gripe, rubéola, varicela – esperar 4 semanas.
– Raiva – esperar 12 meses.
• Soro antitetânico – esperar 4 semanas.

E quem recebeu alguma vacina contra a covid-19 ou teve contato com a doença?

Os vacinados com Coronavac podem doar sangue 48 horas após cada dose. Já as vacinas AstraZeneca/Oxford e Pfizer exigem intervalos de 7 dias após cada dose. Vale a pena destacar que, caso a pessoa apresente algum sintoma após receber o imunizante, é preciso esperar 7 dias para realizar a doação de sangue.

Infectados pelo novo coronavírus devem aguardar 30 dias após a completa recuperação dos sintomas. Já profissionais da saúde e pessoas que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados da doença devem esperar 14 dias.

Existem pessoas que não podem doar sangue?

Sim. Quem teve hepatite após os 11 anos de idade, por exemplo, não pode doar sangue. O mesmo vale para usuários de drogas ilícitas injetáveis e pessoas com evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças: hepatites B e C, HIV, doença de Chagas e quadros relacionados ao vírus HTLV 1 e 2.

Como se preparar para o dia da doação de sangue?

Além de estar com um documento original (com foto) em mãos, o doador precisa tomar alguns cuidados. É preciso dormir, pelo menos, 6 horas, ingerir bastante água (antes e depois do procedimento) e se alimentar bem (de preferência evitando alimentos gordurosos).

A pessoa também deve evitar bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas e ficar sem fumar por, no mínimo, uma hora antes e uma hora depois da doação de sangue.

No dia do procedimento, o indicado é não praticar exercícios físicos ou qualquer atividade que force o braço em que foi realizada a punção. Além disso, a pessoa não deve dirigir em rodovias ou subir em locais altos.

Qual é a quantidade de sangue retirada durante a doação?

A quantidade de sangue coletada durante as doações gira em torno de 450 mililitros. É importante destacar que ela não prejudica o organismo das pessoas (que têm, em média, 5 litros de sangue no corpo) e, segundo o hemocentro America’s Blood Centers, pode ajudar a salvar até três vidas.

Quanto tempo é preciso esperar para poder doar sangue novamente?

Homens podem doar sangue a cada 60 dias (até 4 vezes por ano). Já as mulheres devem realizar intervalos de 90 dias (até 3 vezes por ano).

Onde posso doar sangue? 

As doações de sangue são realizadas em hemocentros e hospitais. No site do Ministério da Saúde é possível encontrar listas com alguns locais espalhados por todas as regiões do Brasil. Para ter resultados ainda mais próximos da sua residência, a dica é pesquisar por “hemocentros + nome da sua cidade” diretamente no Google.

Muitas unidades exigem agendamento prévio para doação de sangue. Por isso, o ideal é entrar em contato por telefone ou até verificar se o local conta com algum tipo de aplicativo para marcar horários.

 

© 2021 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir