13 Reasons Why: Série do Netflix promove conversa entre pais e filhos sobre transtornos psicológicos, entre outros temas

Thalita Ribeiro
22 de Março de 2018


Crédito: Visualhunt.com
Série do Netflix promove conversa entre pais e filhos, sobre depressão, bullying e suicídio

A incidência de bullying, muitas vezes, é mais presente durante a adolescência. Piadas e comentários que agridem o outro psicologicamente pode ser considerado assédio moral, com possibilidade de graves consequências para a pessoa que sofre com isso. Essas e outras situações foram retratas pela série 13 Reasons Why, título original da plataforma de streaming Netflix.

LEIA MAIS: CADEIRA DE RODAS ANFÍBIA É DESENVOLVIDA NA ÁFRICA DO SUL
FINLÂNDIA É O PAÍS MAIS FELIZ DO MUNDO, DIZ PESQUISA; VEJA RANKING COMPLETO

Pesquisa feita pela SEMRush – empresa de marketing digital – aponta que a série está em segundo lugar nas pesquisas registradas nas ferramentas Google e Bing nos últimos seis meses. Ao todo, foram 726 mil buscas por 13 Reasons Why. A série também abordou temas como depressão na adolescência e suicídio, assuntos poucos discutidos entre pais e filhos.

O fato foi base para outra pesquisa, dessa vez feita pela própria Netflix em parceria com a universidade Northwestern, em Chicago, nos Estados Unidos, que estudou o impacto na promoção desse tipo de debate entre gerações. Cerca de cinco mil pais, jovens (de 13 a 22 anos) e adolescentes foram ouvidos, nos Estados Unidos, Reino Unido, Brasil, Austrália e Nova Zelândia. O objetivo foi identificar como o público se relacionou com os assuntos tratados na série.

De forma geral, o estudou apontou que a história, dividia em 13 capítulos, serviu de mecanismo educacional para os jovens, além de promover diálogo entre pais e filhos, além de inspirar compaixão entre os espectadores adolescentes.

Nesta semana, a Netflix publicou um vídeo com mensagem do elenco da história, em seu canal no YouTube, promovendo a busca por ajuda a pessoas que possam estar passando por algum problema psicológico ou abuso. Confira o conteúdo na íntegra:

No Brasil, para quem precisa de auxílio psicológico, o Centro de Valorização da Vida (CVV) oferece apoio online. No portal da entidade, telefone, Skype e e-mail são disponibilizados a pessoas que buscam por apoio emocional. Em todos os canais, o atendimento é feito por voluntários treinados e a conversa é anônima e sigilosa.

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir