Categorias

10 dicas para garantir a saúde da boca e um sorriso bonito

Da Redação
19 de Março de 2021


Crédito: Diana Polekhina on Unsplash
false

Foi-se o tempo em que se acreditava que bastava qualquer escova e creme dental para garantir uma boa saúde oral e conquistar dentes bonitos. Hoje, já sabe que apenas esses produtos não são capazes de garantir a remoção completa dos detritos alimentares e da placa bacteriana.

“Dor de dente, halitose, cáries, infecções nos dentes, gengivite e muitos outros problemas estão diretamente relacionados com a falta de higiene oral correta. E apenas a utilização de escovas dentais normais, com poucas cerdas e de baixa qualidade, não é o suficiente”, afirma o Dr. Hugo Lewgoy, cirurgião-dentista e doutor pela USP.

Leia mais: 
9 dicas para reduzir o consumo de plástico no seu dia a dia
13 apps de meditação guiada para aliviar a tensão na quarentena

Para te ajudar a manter o sorriso bonito e livre de problemas, a convite da Curaprox – marca focada em produtos de higiene bucal – o especialista deu dez dicas para você ir além da simples escovação e potencializar os seus cuidados com a saúde oral. Confira:

Escolha a escova correta

A escovação regular dos dentes é indispensável. Mas é importante realizar essa etapa com uma escova ultramacia, já que escovas com cerdas duras podem desgastar o esmalte de seus dentes e provocar retração gengival. “Além disso, a escova também deve possuir uma grande quantidade de cerdas, pois, quanto mais cerdas, maior é a eficácia da escovação e menor é o acúmulo de placa bacteriana no dente”, alerta o cirurgião-dentista.

O creme dental também é importante

Assim como com as escovas, é preciso ficar atento às características dos cremes dentais utilizados, visto que, segundo o Dr. Hugo, a grande maioria dos produtos desse tipo possuem ação abrasiva. E, em excesso, pode contribuir para o desgaste do esmalte dos dentes e a retração da gengiva. Mas a boa notícia é que existem no mercado produtos pouco abrasivos.

Não se esqueça do fio dental e da escova interdental

Apenas a escovação não é suficiente para higienização efetiva da cavidade oral. Por isso, aposte também no uso do fio dental e de uma escova interdental. “Enquanto o fio dental auxilia na remoção de detritos alimentares e pontos de contato muito apertados, a escova interdental realiza a desorganização da placa bacteriana nas irregularidades e depressões interdentais que o fio dental não consegue higienizar”, destaca o médico.

Higienize também a língua

A higienização da língua também é fundamental para manter a saúde oral em dia, evitando o mau hálito e o desenvolvimento de microrganismos que também podem ser nocivos para a dentição. Para isso, adicione a sua rotina de higiene oral escovas e instrumentos próprios para a limpeza da língua.

Aposte no enxaguatório bucal

O uso de enxaguatórios também é indispensável, pois, de acordo com o especialista, eles possuem ação importante na prevenção do desenvolvimento de microrganismos na cavidade oral.

Invista nos clareadores

Quem sofre com dentes amarelados pode optar ainda pelo uso dos clareadores dentais. Existem diversas opções no mercado capazes de promover o branqueamento dos dentes sem prejudicar a saúde oral.

Desestresse

Além da higienização da boca, é fundamental também que você cuide da saúde de seu organismo como um todo, pois alguns fatores, como o estresse, podem afetar diretamente a saúde bucal. “Em momentos de estresse produzimos altas quantidades de hormônios como hidrocortisona, cortisol e adrenalina, substâncias que desencadeiam um efeito pró-inflamatório no organismo, o que favorece o surgimento de inflamações e infecções, incluindo doenças periodontais”, afirma o Dr. Hugo Lewgoy.

“Além disso, quando estamos estressados aumentamos a prática de hábitos negativos, como a má higiene oral, o que, somado a vulnerabilidade do organismo, pode favorecer o surgimento de doenças como cáries, gengivite e halitose”, alerta. Por isso, invista em cuidados que visem a redução do estresse, como meditar, praticar exercícios físicos diariamente e dormir bem.

Reduza o consumo de álcool

Cerveja, champanhe, vinho e outras bebidas alcoólicas devem ser consumidas com moderação e sempre seguida de um copo de água, já que o álcool pode ser prejudicial para a saúde dos dentes. “O organismo precisa de água para metabolizar o álcool. Logo, quando não há água suficiente, ocorre um processo de desidratação com a consequente diminuição na produção de saliva. Como resultado, ficamos mais suscetíveis ao desenvolvimento de doenças como cáries, gengivites e erosão dental, visto que uma das principais funções da saliva é justamente proteger os dentes e as mucosas orais”, destaca o Dr Hugo.

Alimente-se corretamente

Outro cuidado importante para manutenção da saúde oral é a adoção de uma alimentação balanceada e livre, principalmente, de açúcar, que é um dos principais vilões da saúde bucal. Afinal, ele favorece o aparecimento de cáries, gengivite, halitose e outras doenças periodontais.

“O recomendado então é limitar o consumo de açúcar, ingerindo, no máximo, uma colher de sopa do ingrediente por dia”, aconselha o especialista. “Além disso, verifique nos rótulos dos produtos se existe algum tipo de açúcar escondido, limite a frequência dos lanches entre as refeições, substitua os refrigerantes por água e evite alimentos açucarados pegajosos, como chicletes e balas, que podem deixar resíduos nos dentes e favorecer o aparecimento das doenças orais”, completa o Dr. Hugo Lewgoy.

Consulte um dentista regularmente

Por fim, é fundamental que você consulte um dentista com regularidade, já que ele é o profissional indicado para realizar uma avaliação da qualidade dos seus dentes, indicando assim os cuidados mais adequados para que você consiga manter a saúde oral em dia

© 2021 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir