Categorias

Com robôs, voluntariado em hospitais se reinventa durante pandemia

Marcella Blass
13 de Abril de 2021


Crédito: Divulgação Hospital Cajuru

Com a pandemia do coronavírus, a busca por ações sociais aumentou no ano de 2020 e deve se expandir nos próximos anos. Mas como ficou o trabalho do voluntariado em hospitais, que tem no contato próximo sua principal atividade?

Durante o período de isolamento social, o trabalho dos voluntários em ambiente hospitalar foi suspenso para preservar a saúde dos envolvidos. Com isso, a conversa, a animação e as risadas passaram a fazer falta nos quartos e corredores dos hospitais.

Leia mais:
“Tem Gente com Fome”: saiba como ajudar a campanha nacional de arrecadação de fundos
“Todos Contra a COVID-19” inicia 2ª fase da capacitação de ONGs

A coordenadora do voluntariado do Hospital Universitário Cajuru, Nilza Maria Brenny, conta que nesse momento foi preciso que o trabalho se reinventasse. “Com a pandemia, a presença dos voluntários foi evitada. Mas, a nossa vontade de ajudar os pacientes que estavam lá dentro foi maior do que toda essa situação. Então, nós mudamos e adaptamos as atividades para que cada voluntário pudesse contribuir de forma remota, na segurança do seu lar”, revela.

Foi aí que os robôs entraram em ação para aproximar, virtualmente, voluntários e pacientes. Desde maio de 2020, o ROBIOS é o novo integrante do Cajuru. Com um tablet na altura da cabeça, o robô sai pelos corredores levando os voluntários de forma remota até os pacientes. São mais de 320 voluntários que atuam no hospital. Eles se dividem em grupos de palhaços, músicos e até cachorros.

Em cinco meses de trabalho com visitas três vezes por semana, foram possíveis 2.100 atendimentos com grupos de palhaços e cerca de 60 músicos. “As pessoas que estão internadas sentem falta desse cuidado, dessa atenção e carinho. Quando os voluntários chegavam, a alegria era contagiante. E agora, com o ROBIOS, nós podemos levar esse conforto para os pacientes de forma segura”, diz Nilza.

Quero ser voluntário 

O processo para ser voluntário no Hospital Universitário Cajuru é simples: basta agendar uma entrevista via telefone (41) 4042-8374 para saber se suas atividades e seus horários se encaixam na rotina da instituição. Quem não tem tempo livre, mas também deseja contribuir, ainda é possível fazer doações via boleto bancário, depósito e Pagseguro no site.

© 2021 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir