Busca voluntária – Notícias voluntariado

TikTok adota medidas para combater o tráfico de vida selvagem online

Conhecido pelas danças e desafios, o TikTok decidiu adotar novas medidas para evitar atividades criminosas em sua plataforma. A companhia se juntou à Coalizão para Acabar com o Tráfico de Vida Selvagem Online. Criada em 2018 pelas organizações World Wildlife Fund (WWF), TRAFFIC e Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal (IFAW), a iniciativa reúne e-commerces, pesquisas e plataformas sociais em todo o mundo para reduzir a venda ilegal de espécies selvagens na internet.

Leia mais:Fotógrafo retrata cachorros comendo petiscos; veja as melhores imagens
5 aplicativos que conectam animais abandonados a pessoas que querem adotar

Segundo o TikTok, desde novembro de 2020, 85,3% dos conteúdos relacionados ao tema foram removidos da plataforma antes mesmo de receberem uma única visualização. “Sabemos que os criminosos que facilitam o tráfico de animais selvagens mudam constantemente as suas táticas para evitar que sejam descobertos, o que torna esse tipo de parceria essencial. Trabalhar com a Coalizão permitirá o compartilhamento de melhores práticas dentro da indústria, apoiará o monitoramento de casos que estejam surgindo e nos dará a oportunidade de ouvir feedbacks sinceros”, diz a empresa em um comunicado oficial.

“A escala do tráfico de animais selvagens online é muito desafiadora para quantificar, dada a sua natureza ilegal, mas sabemos que plataformas online como o TikTok são essenciais para a solução. Desde o início da Coalizão para Acabar com o Tráfico de Vida Selvagem Online, as 39 empresas participantes bloquearam ou removeram quatro milhões de anúncios de venda proibida de animais selvagens. Estamos ansiosos para trabalhar ao lado do TikTok e ajudar a mobilizar seus milhões de usuários para prevenir de forma criativa que esse comércio ilegal cresça na plataforma”, conta Giavanna Grein, Agente Sênior do Programa TRAFFIC no WWF.

Sair da versão mobile