Tecnologia ajuda surdos a “ouvir” filmes de terror

Da Redação
30 de Novembro de 2018


Aos amantes de cinema, assistir a um filme com direito a pipoca e refrigerante pode ser o programa do final de semana. Seja para comédia, romance ou terror, o som é fundamental para sentir as emoções do longa-metragem. As pessoas que não podem ouvir, entretanto, não conseguem aproveitar a experiência plenamente. Até agora. Isso porque a Samsung desenvolveu um recurso para deficientes auditivos.

Leia mais
Teatro de bonecos leva arte e educação para 60 mil pessoas no Nordeste

Estudantes criam pulseira que auxilia deficientes auditivos a perceber choro de crianças

Por meio de tecnologia desenvolvida pela Samsung Nordics, braço escandinavo da empresa sul-coreana, pessoas totalmente ou parcialmente surdas poderão sentir a sonoridade dos filmes de terror. Vibrações originadas da ampliação das frequências de baixo e outros recursos são utilizados para que deficientes auditivos tenham a mesma sensação de quem ouve os sons que assustam.

O circuito de aparelhos foi usado para recriar a narrativa da versão original do filme “Deixa Ela Entrar”. O título acaba de completar 10 anos e conta a história de Oskar, um menino de 12 anos que sofre bullying na escola. O projeto teve apoio da produtora Chimney, da agência Wenderfalck e do engenheiro de som Per Sundström.

A iniciativa ainda conta com um vídeo de divulgação. Confira na íntegra:

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir