Make-A-Wish: conheça a instituição que realiza sonhos de crianças com doenças graves

sergio
8 de Junho de 2015


Crédito:

Para realizar o sonho de um garoto portador de leucemia que queria se tornar policial, um grupo de voluntários de Phoenix, Arizona (EUA), decidiu se reunir. Com direito a uniforme, capacete e até uma viagem de helicóptero, Chris Greicius foi o primeiro atendido pela Make-A-Wish. De 1980 para cá, a instituição se espalhou por 39 países, tornou realidade desejos ao redor do mundo e arrastou celebridades para a causa.

No Brasil, a fundação atua desde 2008. Com pouco mais de mil sonhos realizados, a Make-A-Wish divide os pedidos em quatro categorias: Ter (como a garota que queria ter uma festa de 15 anos), Ser (uma menina desejou ser uma sereia), Ir (outra garota desejou ir a um espetáculo de balé) e Conhecer (como o menino que queria conhecer a comediante Tatá Werneck). Todos os sonhos possuem o objetivo de aumentar a autoestima das crianças e contribuir para o tratamento médico.

Nos Estados Unidos, a instituição é tão famosa que certos artistas se tornaram voluntários ativos. Alguns até são homenageados pelo número de sonhos realizados. O prêmio chamado de “Chris Greicius Celebrity” já foi entregue para celebridades como a cantora Selena Gomez, o wrestler John Cena e os irmãos da banda Jonas Brothers.

Para conhecer mais sobre o trabalho da Make-A-Wish, acesse o site oficial da fundação no Brasil e acompanhe a página no Facebook.

*Foto: Reprodução

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir