Guitarrista do Pink Floyd grava música com coral de ex-prisioneiros

sergio
28 de Setembro de 2015


Crédito:

O guitarrista do grupo Pink Floyd, David Gilmour, anunciou que seu novo single solo “Rattle that Lock” tem a participação de um coral compostos por ex-prisioneiros de Wandsworth, em Londres (Inglaterra). A penitenciária, inclusive, já teve o filho de Gilmour, Charlie, como um de seus detentos. Isso porque o garoto cumpriu pena de quatro meses no local em 2011, após ter sido preso em um protesto, no ano anterior, contra taxas na área da educação.

“A experiência do meu filho na prisão foi algo que teve um impacto em todos nós e nos deixou mais ciente dos problemas do sistema prisional. Pudemos ver como ele funcionava e havia muita coisa errada. Mas também existiam muitas pessoas que estavam fazendo coisas por conta própria no que diz respeito a melhorar a situação das prisões e dos prisioneiros. Achamos a iniciativa do coral, com um lado dentro e outro fora, muito boa”, disse o guitarrista à BBC.

No projeto, membros de um coral do sul de Londres se reúnem no presídio para ensaios e aulas semanais com os detentos. Também há encontros fora da prisão em que ex-prisioneiros participam. Sete desses ex-detentos integraram o coral de 30 pessoas que gravou a nova música de Gilmour. A canção é a primeira extraída do seu quarto álbum solo, que tem o mesmo nome da música e que foi recentemente lançado.

O guitarrista do Pink Floyd está com passagem marcada para o Brasil. As apresentações ocorrerão nos dias 12, 14 e 16 de dezembro em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre – respectivamente.

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir