Cosplayers se reúnem para levar a alegria de personagens até crianças carentes

sergio
5 de Agosto de 2015


Crédito:

A ideia de fazer um grupo de cosplay voluntário surgiu no já esquecido Orkut em 2009. Elisa Marques jogou sua proposta na comunidade “Cosplay Brasil”, que tinha mais de 35 mil membros. Conversa vai, conversa vem, no final do mesmo ano, alguns cosplayers se reuniram e decidiram realizar a primeira adoção de cartinhas de natal – que acabou virando tradição do grupo.

Após a ação natalina, o pessoal percebeu que poderia fazer mais. Era possível visitar os pequenos levando pessoalmente a alegria dos personagens. Então, há cinco anos, os cosplayers visitam ONGs pela cidade de São Paulo e trabalham com crianças carentes em situações de risco.

O pessoal do “Cosplay Voluntário” prepara jogos e atividades para desenvolver com os assistidos. Eles fazem pintura de rosto, esculturas em balões, jogam Twister e Uno, levam desenhos para colorir e, se a estrutura da organização permitir, jogam queimada, futebol e até pega-pega.

Em datas especiais, como natal e dia das crianças, o grupo se compromete a levar gratuitamente lembrancinhas com balas e doces para as crianças da instituição caso a ONG não tenha condições de fazê-lo. Os presentinhos, inclusive, possuem um carismático personagem colado, como o Pikachu.

O Cosplay Voluntário não recebe doações e não possui parceria com empresas. Todo o dinheiro para as visitas é oriundo de doações dos próprios voluntários ou de campanhas realizadas em eventos. As visitas realizadas pelos cosplayers são sempre agendadas com um mês de antecedência.

Para mais informações sobre o Cosplay Voluntário acesse a página no Facebook. Já se você for cosplayer e quiser entrar para o projeto, mande um e-mail para cosplayvoluntario@yahoo.com.br e esclareça suas dúvidas.

*Foto: Facebook Cosplay Voluntário

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir