Categorias

FEI doa 1600 máscaras de proteção aos sistemas de saúde de SP

Beatriz Ceschim
5 de Maio de 2020


Crédito: engin akyurt on Unsplash
false

Com o aumento dos casos confirmados de covid-19 no Brasil e no mundo, os sistemas de saúde estão ficando sobrecarregados e precisam cada vez de mais ajuda. Uma das necessidades desses estabelecimentos são os  Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), que estão em falta. Por conta disso, o Centro Universitário FEI, em parceria com a ABINFER (Associação Brasileira da Indústria de Ferramentais), está produzindo máscaras de proteção, do modelo face shield.

Leia mais: Waze e 99 criam campanha para incentivar a doação de sangue
Instituto Invepar doa cestas básicas e kits de higiene para comunidades carentes

Faça seu próprio face shield

Os materiais utilizados são:

• Filamento para impressão 3d ABS (1,75mm ou 3mm de espessura)

• PETG ou Acetato cristal em placas de 0,5mm de espessura

• Elásticos de 11mm

Site do molde: prusa3d.com/covid19/

A instituição utilizada impressoras 3D e a técnica de injeção de plásticos, para a produção dos equipamentos. Até o momento, 1.630 unidades foram doadas, para 24 unidades de saúde no estado de São Paulo.

O modelo internacional para produção das máscaras está disponível para download gratuito aqui e pode ser reproduzido por qualquer pessoa com acesso a impressoras 3D.

Veja também 45 celebridades que ajudaram no combate à pandemia do coronavírus.

  • Reprodução Instagram
    Fall Out Boy - US$ 100 mil para a cidade de Chicago (EUA) para o combate à doença
  • Reprodução Instagram
    Metallica - US$ 1,8 milhões para vítimas da doença
  • Reprodução Instagram
    Oprah Winfrey - US$ 10 milhões para o combate à doença
  • Reprodução Instagram
    Dolly Parton - US$ 1 milhão para a Universidade de Vanderbilt (EUA), que está estudando a doença
  • Reprodução Instagram
    Kim Kardashian - US$ 1 milhão para famílias afetadas pela doença
  • Reprodução Instagram
    Rihanna - US$ 5 milhões à Organização Mundial da Saúde por meio de sua ONG Clara Lionel Foundation
  • Reprodução Instagram
    Lionel Messi - 1 milhão de euros para o combate a doença na Espanha
  • Reprodução Instagram
    Pep Guardiola - US$ 1 milhão para o combate a doença na Espanha
  • Reprodução Instagram
    Kylie Jenner - US$ 1 milhão para a compra de luvas, máscaras e equipamentos de proteção para profissionais da saúde nos EUA
  • Reprodução Instagram
    Roger Federer - 1 milhão de francos suíços para famílias em situação de vulnerabilidade na Suíça
  • Reprodução Instagram
    Liam Payne - 360 mil refeições para postos de comida em Midlands, Inglaterra
  • Reprodução Instagram
    Mark Zuckerberg - US$ 20 milhões ao combate à doença
  • Reprodução Instagram
    Ryan Reynolds e Blake Lively - US$ 1 milhão para duas instituições de caridade nos EUA e no Canadá que estão alimentando pessoas carentes e doentes
  • Reprodução Instagram
    Bruno Mars - US$ 1 milhão para a MGM Resorts Foundations, que ajuda empregados do grupo MGM com gastos de aluguel, saúde e emergências durante a epidemia
  • Reprodução Instagram
    Arnold Schwarzenegger - US$ 1 milhão para o fundo de compra de suprimentos essenciais para médicos e cientistas no combate à doença
  • Reprodução Instagram
    Ralph Lauren - US$ 10 milhões para o combate à doença por meio de sua instituição Ralph Lauren Corporate Foundation
  • Reprodução Instagram
    Justin Bieber - não divulgou o valor, mas ajudou a ONG chinesa Beijing Chunmiao Children Aid Foundation ainda no início de fevereiro
  • Reprodução Instagram
    Giorgio Armani - doou 1,25 milhão de euros para o combate à doença na Itália
  • Reprodução Instagram
    Penélope Cruz - doou cerca de 100 mil luvas e 20 mil máscaras a um hospital de Madri, na Espanha
  • Reprodução Instagram
    Jack Dorsey (fundador do Twitter) - doou US$ 1 bilhão em ações de sua empresa de pagamentos digitais, Square, para o combate à pandemia
  • Reprodução Instagram
    Pink - US$ 500 mil para o Fundo de Emergência do Temple University Hospital (EUA) e a mesma quantia para o Fundo de Crise de Emergência Covid-19, do prefeito de Los Angeles (EUA)
  • Reprodução Instagram
    Xuxa Meneghel - US$ 1 milhão ao Sistema Único de Saúde (SUS) através da empresa de estética da qual é sócia
  • Reprodução Instagram
    Neymar - R$ 5 milhões, sendo parte para a UNICEF e parte para o fundo de solidariedade do apresentador Luciano Huck
  • Reprodução Instagram
    Jorge Vercillo - doou cestas básicas para os profissionais que trabalham nos bastidores de shows e eventos
  • Reprodução Instagram
    Ivete Sangalo - doou mil camas box e cinco mil roupas de cama para pacientes em situação de vulnerabilidade infectados pelo coronavírus em Salvador
  • Reprodução Instagram
    Eduardo Costa - R$ 2,5 milhões para o Sistema Único de Saúde (SUS)
  • Reprodução Instagram
    Tim Cook (CEO da Apple) - doou US$ 10 milhões ao projeto One World: Together At Home, que vai promover shows online de grandes artistas para arrecadar fundos para o combate da doença no mundo todo
  • Obama White House on Visual hunt
    George Clooney e Amal Clooney - US$ 1 milhão para o combate a Covid-19
  • Visualhunt
    Sandra Bullock - doou 6 mil máscaras para hospitais de Los Angeles (EUA)
  • Gage Skidmore on VisualHunt.com / CC BY-SA
    Angelina Jolie - US$ 1 milhão para a No Kid Hungry, instituição que ajuda a alimentar crianças que dependem de merenda escolar
  • Dick Thomas Johnson on Visualhunt.com / CC BY
    Bong Joon-ho (diretor premiado por Parasita) - cerca de R$ 840 mil para a Hope Bridge, renomada instituição de combate ao coronavírus na Coreia do Sul
  • Reprodução Instagram
    U2 - a banda doou 10 milhões de euros para a compra de equipamentos para quem trabalha na linha de frente do combate à pandemia
  • Reprodução Instagram
    Papa Francisco - doou 100 mil euros para a Caritas italiana (por meio do Dicastério para o Serviço de Desenvolvimento Humano Integral) e mais 30 respiradores artificiais à Esmolaria Apostólica do Vaticano, que distribuiu a hospitais de áreas muito afetadas na Itália
  • Reprodução Instagram
    Sádio Mané - além de estar construindo um hospital em Sédhiou, sua cidade natal, ele doou mais de 400 mil libras ao governo do Senegal para o combate à doença
  • Reprodução Instagram
    Xavi (treinador do Al-Sadd) - 1 milhão de euros a um hospital espanhol
  • Reprodução Instagram
    Luiz Suárez - 500 cestas básicas a famílias de Casavalle, Montevidéu (Uruguai)
  • Reprodução Instagram
    Philippe Coutinho - doou cerca de 20 toneladas de alimentos e produtos de higiene para as comunidades da Mangueira e da Barreira do Vasco, no Rio de Janeiro
  • Reprodução Instagram
    Cristiano Ronaldo - 35 leitos de unidades de tratamento intensivo (UTIs) a dois hospitais portugueses
  • Reprodução Instagram
    Rivaldo - 200 cestas básicas para uma igreja em Paulista, Pernambuco
  • Reprodução Instagram
    Lewandowski e a esposa, Anna Lewandowska - 1 milhão de euros para o combate à doença
  • Reprodução Instagram
    Sérgio Ramos - doou mais de 260 mil máscaras, mil equipamentos de proteção e 15 mil testes que detectam o coronavírus à UNICEF
  • Reprodução Instagram
    Fernando Alonso - doou 300 mil máscaras e 4 mil kits de proteção individual à UNICEF
  • Reprodução Instagram
    Conor McGregor - 500 mil máscaras para os profissionais da linha de frente do combate ao coronavírus na Irlanda
  • Reprodução Instagram
    Gusttavo Lima - R$ 500 mil em alimentos para 700 famílias que vivem do lixo em Aparecida de Goiânia
  • Reprodução Instagram
    Pedro Scooby - doou mil cestas básicas e seis mil sabonetes a famílias de uma comunidade de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro

© 2021 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir