Doações para solidariedade aumentaram depois que o Brasil saiu da Copa

Da Redação
25 de Julho de 2018


Crédito: Visualhunt

Após a saída do Brasil da Copa do Mundo, a abertura de vaquinhas voltadas para ações de solidariedade aumentou em 15%.  Uma semana antes, de 1 a 7 de julho, o site Vakinha registrou a abertura de 2.520 campanhas, número que chegou para 2.894, entre os dias 8 a 14 de julho, após a seleção brasileira sair do mundial. Nas comparações do mesmo período, os valores arrecadados também sofreram aumento. Saltaram de R$ 965.731,74 para R$ 1.197.873,30, assim como a quantidade de doações que foi de 16.269 para 17.018.

Leia mais: 
RIBON: O APLICATIVO QUE PERMITE FAZER DOAÇÕES SEM GASTAR DINHEIRO
TAYLOR SWIFT DOA QUANTIA PARA SOBRINHO DE DANÇARINO COM CÂNCER

A sintonia dos brasileiros com as causas sociais também parece ter sido afetada pelo desempenho da seleção brasileira de futebol. Coincidentemente, no dia 5 de julho, véspera da data de eliminação do Brasil na Copa, as doações chegaram a 170 mil, caindo para 144 mil no dia do jogo contra a Bélgica. No entanto, Cristiano Meditsch, diretor de marketing do Vakinha, acredita que o dia da semana também pode ter influenciado. “É comum as doações diminuírem de quinta para sexta”, observa.

Na avaliação do diretor,  julho de 2018 vem dando indícios de que poderá entrar para a história do Vakinha como o mês de maior arrecadação, com expectativa de alcançar R$ 5 milhões. Quando comparado a julho dos anos anteriores, o mês de julho deste ano também apresenta desempenho diferenciado. Em 2015, as doações foram de R$ 685 mil, em 2016 atingiram R$ 1.958.131,07, indo para R$ 3.619.824,51 em 2017 e já tendo alcançado R$ 3,2 milhões na primeira quinzena de julho deste ano.

Quer ajudar a atingir a meta? Basta entrar no site do Vakinha, escolher um causa que toque o seu coração e contribuir com o valor que você puder. Toda ajuda é sempre bem-vinda!

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir