Conheça o primeiro detento de São Paulo a obter ensino superior na prisão

sergio
23 de Setembro de 2015


Crédito:

Venilton Leonardo Vinci, 55 anos, tornou-se o primeiro detento do Estado de São Paulo a conseguir formação de nível superior exclusivamente em regime fechado. Formado em pedagogia, Vinci terminou o ensino médio atrás das grades e, graças a uma parceria com o Centro Universitário Claretiano, que oferece a modalidade de ensino à distância, conseguiu o diploma.

“Só me resta agradecer. Primeiramente, a Deus. Depois, à direção desta unidade, que acreditou na educação e, principalmente, ao ser humano. Quero ser o espelho de uma nova realidade, pois hoje me torno um pedagogo”, disse Vinci após receber seu certificado e ser ovacionado por parentes, colegas de presídio e professores presentes na cerimônia.

Interno da penitenciária de segurança máxima Serra Azul, Vinci começou a se interessar pela educação quando passou a alfabetizar outros presos. Ele até chegou a aprender braile para ensinar outro detento a ler e escrever. Com os estudos, o aluno reduziu sua pena, já que a cada 12 horas, ele ficaria um dia a menos na prisão.

Hoje, sua meta é iniciar a pós-graduação. Vinci, inclusive, já ganhou uma bolsa integral da instituição de ensino onde se graduou para continuar os estudos.

*Foto: Divulgação/Claretiano

*Fonte: http://zip.net/bvr01v

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir