Campanha #EuTeVejo chama atenção sobre o abandono infantil

Beatriz Ceschim
27 de Setembro de 2019


Crédito: Robert Collins on Unsplash

De acordo com o relatório SOS Children’s Villages International, no mundo, uma em cada 10 crianças vive sem os pai. Cerca de 151 milhões perderam o pai ou a mãe e 111 mil estão separadas e desacompanhadas, segundo dados da Agência das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

No Brasil, o cenário é ainda mais grave. Segundo outro estudo da Unicef, seis em cada 10 crianças vivem em situação de pobreza, totalizando 32 milhões de pessoas. Tendo em vista essa situação, a Aldeias Infantis SOS Brasil, instituição que promove o cuidado infantil, lança para o Dia das Crianças a campanha #EuTeVejo. A iniciativa visa chamar a atenção das pessoas para os pequenos que estão crescendo sem cuidado e proteção.

Leia mais: Le Postiche incentiva doação de mochilas para crianças carentes
Fotógrafos fazem ensaio mágico de Natal com crianças hospitalizadas; confira

“Com a campanha, aumentaremos a conscientização sobre crianças que vivem sem cuidados parentais ou que estão em situações de perder esses cuidados. Já que elas merecem a oportunidade de desfrutar plenamente de seus direitos”, diz Norbert Meder, CEO da Aldeias Infantis SOS Internacional.

Um exemplo disso, foi o acolhimento de duas irmãs recém-nascidas pela Aldeias. Elas foram encontradas em situação de vulnerabilidade, correndo risco de morte. Com dois meses de vida, a mais nova chegou aos cuidados da organização com quadro severo de desnutrição. Já a mais velha, com dois anos na época, tinha 27% do corpo queimado devido a um acidente doméstico.

Após receberem cuidados médicos, as irmãs foram encaminhadas para um ambiente seguro e acolhedor em uma das casas-lares da organização e permaneceram juntas durante todo o processo de acolhimento. No último ano, elas foram adotadas por uma família e seguem sob o acompanhamento da Aldeias Infantis SOS.

No último ano, foram mais de 5 mil crianças assistidas em aproximadamente 190 projetos de acolhimento e fortalecimento social em diversas regiões do Brasil. Atualmente, a organização mantém mais de 60 casas-lares para que nenhuma criança cresça sozinha.

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir