Categorias

Cães resgatados das ruas viram influenciadores pet

Da Redação
1 de Março de 2021


Crédito: Foto: Divulgação
false

Antes de se tonarem os queridinhos da internet, os cães Cacau e Cookie passaram por maus bocados. A primeira tinha somente cinco meses quando foi deixada dentro de uma caixa embaixo de uma ponte em Maricá (RJ). Já o segundo foi colocado com os seis irmãos dentro de uma sacola plástica e jogado na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. Só ele sobreviveu.

O casal Lua e Dani adotou os dois cães sem raça definida e criou um projeto chamado “Cacausando”. O objetivo é divulgar atrocidades como essas e ajudar cães de rua ou de abrigos a encontrarem uma família. Eles produzem e divulgam conteúdo original de humor e entretenimento, abordando o tema da adoção e também falando de forma divertida sobre assuntos cotidianos, como alimentação, relacionamentos, amizade, trabalho, família e cultura pop. Aos poucos, Cacau passou a ser conhecida no Instagram como a “Rainha dos Memes”. Já Cookie faz sucesso principalmente por conta das publicações musicais no TikTok.

LEIA MAIS: FOTÓGRAFA CAPTURA IMAGENS DE GATOS FAZENDO TRAVESSURAS E FOFURAS
30 MARCAS QUE NÃO FAZEM TESTES EM ANIMAIS

“Sempre tivemos uma relação muito próxima com a nossa comunidade, defendendo essa causa com trocas diárias de mensagens, áudios e vídeos. Procuramos compartilhar experiências divertidas com os seguidores e agregar informação sobre o universo pet. Tudo isso, sempre incentivando a adoção de vira-latas”, diz Dani, que já palestrou em eventos e feiras do segmento pet.

Atualmente, Cacau e Cookie estão presentes em diferentes redes sociais, como TikTok, Instagram, Twitter, Pinterest, Kwai e Peoople. Seus conteúdos, que consistem em fotos e vídeos, são organizados por quadros fixos: Stand Up Cãomedy, Dog News, Cãoversas, Cãotador de Histórias e Músicas autorais e paródias. Em breve, a dupla de quatro patas deve estrelar um projeto musical que será distribuído nas plataformas de streaming e videoclipes.

© 2021 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir