Categorias

10 dicas para tornar o banho no inverno mais tranquilo para os bebês

Da Redação
18 de Junho de 2021


Crédito: Nihal Karkala on Unsplash
banho-no-inverno-para-bebes

A estação mais fria do ano começa na próxima segunda-feira (21) e, com ela, o medo de tirar a roupa do bebê e colocá-lo na banheira. O banho no inverno, no entanto, não precisa ser um problema. Pais e cuidadores apenas precisam ficar atentos para o pequeno não sofrer com a temperatura. Pensando na segurança e no bem-estar das crianças, a Styll Baby reuniu 10 dicas para ajudar neste momento. Confira!

Leia mais:
100 filmes para ver com crianças
Abrigo cria projeto para crianças lerem para animais resgatados

1. Casa quentinha

Prepare um ambiente quentinho, independentemente de qual cômodo será realizado o banho no inverno. Deixe as janelas fechadas e, em dias mais gelados, vale até deixar um aquecedor ligado para o pós-banho.

2. Antes do banho no inverno

Deixe à mão tudo o que for necessário como sabonete, shampoo e toalha. Uma dica é dar preferência por toalha-fralda com capuz, para ajudar a esquentar o bebê mais rápido.

3. Horário

Escolha os momentos mais quentes do dia, entre às 12h e às 15h.

4. Disposição do bebê

Os pais ou cuidadores devem reparar se o bebê está fisicamente “disposto”. Para isso, confira se a criança apresenta sonolência, lentidão ou se as extremidades (como mãos e pés) estão frias ou se está com os lábios arroxeados. Se existir pelo menos uma dessas opções, o ideal é adiar o banho no inverno, aquecer o pequeno e ficar de olho para acompanhar sua melhora.

5. Choque térmico

Para evitar um possível choque térmico, os pais precisam ficar atentos com as mudanças bruscas de temperatura. Para isso, prefira tirar a roupinha do bebê diretamente no cômodo em que será dado o banho, em vez de enrolá-lo na toalha.

6. Temperatura da água

Conserve a temperatura da água entre 36º e 37ºC. Lembre-se que a pele do bebê é supersensível. Isso significa que se ela estiver mais baixa, o pequeno sentirá frio; já se estiver mais alta, pode até queimar a criança. Confira a temperatura colocando o pulso na água ou usando um termômetro apropriado para banheiras. Ainda vale não prolongar o banho nos dias mais gelados, pois a água esfria rapidamente.

7. Quantidade de água

Para bebês de até 6 meses, o ideal é colocar pouca água na banheira, o suficiente para cobri-lo até os ombros quando deitado e apoiado nas mãos do cuidador. Após essa fase, opte por banhos com o pequeno sentado, para maior segurança.

8. Ressecamento da pele

A água muito quente, aliada à uso excessivo de cosméticos, como shampoo e sabonete, pode ressecar a pele fina do bebê. Por isso, além de conferir sempre a temperatura da água, vale também ter parcimônia no uso dos produtos.

9. Organização

Para facilitar o pós-banho, vale deixar a cômoda – ou o local no qual o bebê será trocado – bem organizada e com todos os itens necessários à mão, como fralda, pomada e a roupinha.

10. Pós-banho

Ao final do banho no inverno, enrole o bebê bem e seque seu corpo rapidamente, sem esquecer das dobrinhas. Enquanto coloca a fralda, deixe o pequeno enrolado na toalha, para não esfriar.

Quer fazer trabalho voluntário? Clique aqui e encontre um com a sua cara

© 2021 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir