Absorvendo o Tabu: filme retrata menstruação na Índia

Beatriz Ceschim
7 de Agosto de 2019


Crédito: Photo by Vignesh Moorthy on Unsplash

A menstruação é um assunto pouco abordado na sociedade, mas o caso se torna mais grave na Índia. As mulheres não conversam com familiares ou amigas sobre a pauta, além de largarem os estudos após atingirem a puberdade. Para trazer uma discussão sobre esse tema, a diretora Rayka Zehtabchi, junto com a Netflix, produziu o documentário “Absorvendo o Tabu”, que ganhou o Oscar de 2019 como Melhor Documentário de Curta-metragem.

Leia mais: FIFA realiza vídeos sobre a relação de mulheres com o futebol
Turma da Mônica: projeto homenageia mulheres na ciência

O filme retrata como a saúde é um grave problema no país. As mulheres não têm acesso a absorventes higiênicos e acabam usando quaisquer panos para conter o sangue. Além disso, elas perdem aulas na escola por não conseguir trocar de roupa, deixam os estudos e até mesmo têm problemas para arranjar emprego por conta da menstruação.

Por mais que existissem absorventes no mercado de Hapur (cidade mostrada no documentário), as indianas se sentiam envergonhadas de comprar o produto na frente dos homens. Pensando nisso, um grupo de estudantes de Los Angeles juntaram dinheiro para comprar uma máquina de absorventes biodegradáveis e enviar para esse município. Durante a produção, é retratado todo o processo da implementação do equipamento no vilarejo.

Com a novidade, surgiu a possibilidade de debater o tema tão polêmico – além de promover trabalho para as moças da vila. Com a máquina, as meninas puderam continuar os estudos e conseguir empregos, já que a menstruação não seria um problema tão grande.

As alunas norte-americanas, que doaram a máquina para a comunidade, formaram o The Pad Project, para auxiliar as mulheres que não têm acesso aos absorventes. Para doar à instituição e ajudar na vida de muitas moças pelo mundo, acesse o site: https://donorbox.org/the-pad-project.

Assista ao trailer do documentário e veja a produção na Netflix.

Veja também 32 filmes com mulheres fortes e corajosas.

  • Crédito: Divulgação
    Capitã Marvel (2019)
  • Crédito: Divulgação
    Atômica (2017)
  • Crédito: Divulgação
    Joy (2015)
  • Crédito: Divulgação
    A chegada (2016)
  • A princesa e o sapo (2009)
  • Crédito: Divulgação
    Coco antes de Chanel (2009)
  • Crédito: Divulgação
    O diabo veste Prada (2006)
  • Crédito: Divulgação
    Dumplin' (2018)
  • Crédito: Divulgação
    Flashdance (1983)
  • Crédito: Divulgação
    Frida (2002)
  • Crédito: Divulgação
    Gravidade (2013)
  • Crédito: Divulgação
    A dama dourada (2015)
  • Crédito: Divulgação
    Estrelas além do tempo (2016)
  • Crédito: Divulgação
    A hora mais escura (2012)
  • Crédito: Divulgação
    Jackie (2016)
  • Crédito: Divulgação
    Para sempre Alice (2014)
  • Crédito: Divulgação
    Mad max: Estrada da fúria (2015)
  • Crédito: Divulgação
    Valente (2012)
  • Crédito: Divulgação
    Mulan (1998)
  • Crédito: Divulgação
    Preciosa - Uma história de esperança (2009)
  • Crédito: Divulgação
    Killbill (2003)
  • Crédito: Divulgação
    Malala (2015)
  • Crédito: Divulgação
    Mamma mia (2008)
  • Crédito: Divulgação
    Mamma mia 2: Lá vamos nós de novo! (2018)
  • Crédito: Divulgação
    Miss Simpatia (2000)
  • Crédito: Divulgação
    Moana (2016)
  • Crédito: Divulgação
    O sorriso de Mona Lisa (2003)
  • Crédito: Divulgação
    Mulher- maravilha (2017)
  • Crédito: Divulgação
    Sicário (2015)
  • Crédito: Divulgação
    As sufragistas (2015)
  • Crédito: Divulgação
    Que horas ela volta? (2015)
  • Crédito: Divulgação
    Oito mulheres e um segredo (2018)

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir