35 livros apocalípticos e distópicos para ler na quarentena

Beatriz Ceschim
22 de Setembro de 2020


Crédito: Taylor on Unsplash

O mundo está vivendo um momento que traz uma estranheza e um desconforto para a população. Não poder sair de casa e todos os cuidados de higiene são fatores que mudaram a vida das pessoas. Inspirado nessa situação, o Busca Voluntária reuniu 35 livros apocalípticos e distópicos, que trazem realidades e eventos que diferem da normalidade. Confira na galeria essas leituras.

Leia mais: 35 livros para inspirar sua vida
Dia Mundial do Livro: 40 romances para ler e se apaixonar (ou não)

  • 1984 - George Orwell
  • Vox - Christina Dalcher
  • The Walking Dead (HQ) - Robert Kirkman
  • O Poder - Naomi Alderman
  • O Conto da Aia - Margaret Atwood
  • O Ceifador - Neal Shusterman
  • Nós - Levgueni Zamiatin
  • Battle Royale - Koushun Takami
  • Fahrenheit 451 - Ray Bradbury
  • Laranja Mecânica - Anthony Burgess
  • Não me abandone jamais - Kazuo Ishiguro
  • Noturno - Guillermo del Toro
  • The Walking Dead - Robert Kirkman e Jay Bonansinga
  • Neuromancer - William Gibson
  • Jogos Vorazes - Suzanne Collins
  • Submissão - Michel Houellebecq
  • Apocalipse Z - Manel Loureiro
  • Guerra Mundial Z - Max Brooks
  • Senhor das Moscas - William Golding
  • O processo - Franz Kafka
  • Eu, Robô - Isaac Asimov
  • Ensaio sobre a Cegueira - José Saramago
  • Blade Runner: Androides sonham com ovelhas elétricas? - Philip K. Dick
  • Admirável Mundo Novo - Aldous Leonard Huxley
  • A Revolução dos Bichos - George Orwell
  • O homem do castelo alto - Philip K. Dick
  • Guia de Sobrevivência a Zumbis - Max Brooks
  • A Parábola do Semeador - Octavia E. Butler
  • Feios - Scott Westerfeld
  • A Noite dos Mortos-Vivos - George Romero e John Russo
  • A Máquina do Tempo - H. G. Wells
  • A guimba - Will Self
  • A Estrada - Cormac McCarthy
  • A Noite Maldita - André Vianco
  • A Dança da Morte - Stephen King

Crédito das imagens: Divulgação/Reprodução

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir