Covid-19 pelo mundo: brasileiro fala sobre a quarentena no Canadá

Maria Beatriz Vaccari
27 de Abril de 2020


Crédito: Pixabay

Com mais de 47 mil casos de covid-19 confirmados, o Canadá é um dos países que adotou o isolamento social para tentar conter a propagação do coronavírus. Atualmente, a região de Quebec é a mais afetada, com mais de 1.500 óbitos, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Leia mais: Covid-19: quando devo usar máscara de proteção?
Coronavírus: cartilha leva orientações para quem tem doença rara

No quarto episódio da série de entrevistas Covid-19 pelo mundo, o biólogo brasileiro Enrico Fellegara, de 28 anos, fala sobre a quarentena em Victoria, capital da Colúmbia Britânica. “Dois motivos me trouxeram à cidade. Escolhi o Canadá por ser um país de primeiro mundo, com uma excelente qualidade de vida e que tem como uma das línguas oficiais o inglês. Além disso, optei por Victoria, pois é um local muito conectado ao meio ambiente. Como pretendo seguir minha carreira nessa área, vir para cá foi a escolha certa”, explica.

Divulgação/Arquivo Pessoal
Enrico Fellegara

Covid-19 pelo mundo: Victoria, Canadá

Dados divulgados pela Universidade Johns Hopkins mostram que a região da Colúmbia Britânica registra cerca de 100 mortes causadas pela covid-19. “Apesar da situação estar bem controlada em Victoria, as pessoas estão levando a quarentena a sério. Isso é ótimo. Nos últimos dias, a cidade não registrou novos casos”, diz o biólogo.

Quando o isolamento começou, as instituições de ensino adotaram o ensino online e à distância. “Mesmo com todo esforço dos professores e auxílio da tecnologia, sinto que não retive a mesma quantidade de informação em comparação às aulas presenciais”, afirma o brasileiro. “Outro fator que modificou a minha vida foi perder o emprego. Pelo menos, temporariamente, já que a loja onde eu trabalhava fechou devido à quarentena. Além disso, a parte social foi muito afetada. Ao menos, moro com mais três pessoas, o que ajuda um pouco a manter o mínimo de contato humano”, completa.

Humanidade mais consciente 

Enrico acredita que o futuro após a pandemia pode ser uma oportunidade para que a humanidade seja mais consciente. “Espero que as pessoas reflitam que os humanos são, em essência, animais, e que estão direta ou indiretamente ligados ao meio ambiente e a todas as espécies do planeta. Não somos superiores aos outros. É só olhar o que um vírus, uma entidade microscópica, foi capaz de fazer em tão pouco tempo”, destaca.

Ele explica que, independentemente da origem da covid-19, de modo geral, doenças (causadas por bactérias, vírus e protozoários) afetam os humanos por causa de interferências no equilíbrio do meio ambiente. “Foi o caso do ebola, da dengue, da malária, do HIV, entre outras. Por isso, espero que as pessoas sejam mais conscientes no futuro e percebam que o consumo de bens materiais em excesso depende de recursos naturais, que são extraídos da natureza. E, como disse, ao interferirmos nela, doenças que antes estavam somente na vida selvagem passam a nos acometer”, finaliza.

Covid-19 pelo mundo: série de entrevistas 

O Busca Voluntária e o Rota de Férias estão conversando com pessoas de todo o planeta para saber como o coronavírus está afetando a realidade de suas cidades. Confira os outros capítulos da série:

Capítulo 1: Covid-19 pelo mundo: advogada relata o dia a dia na Cidade do México
Capítulo 2: Covid-19 pelo mundo: brasileira conta como está a vida em Santiago
Capítulo 3: Covid-19 pelo mundo: “estamos melhorando aos poucos”, diz morador de Bréscia
Capítulo 4: Covid-19 pelo mundo: americanos contam como está a vida em Denver

  • Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: advogada relata o dia a dia na Cidade do México - https://bit.ly/2xKLkj5
  • Photo by Guillermo Pérez on Unsplash
    Covid-19 pelo mundo: advogada relata o dia a dia na Cidade do México - https://bit.ly/2xKLkj5
  • Photo by Andrea Leopardi on Unsplash
    Covid-19 pelo mundo: advogada relata o dia a dia na Cidade do México - https://bit.ly/2xKLkj5
  • Jeffrey Eisen on Unsplash
  • Caio Silva on Unsplash
  • Ximena Nahmias on Unsplash
  • Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: "estamos melhorando aos poucos", diz morador da Lombardia - https://bit.ly/2VTXka2
  • Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: "estamos melhorando aos poucos", diz morador da Lombardia - https://bit.ly/2VTXka2
  • Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: "estamos melhorando aos poucos", diz morador da Lombardia - https://bit.ly/2VTXka2
  • Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: americanos contam como está a vida em Denver
  • Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: americanos contam como está a vida em Denver
  • Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: americanos contam como está a vida em Denver
  • Foto: Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: brasileiro fala sobre a quarentena no Canadá - https://bit.ly/2W6HsRE
  • Foto: Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: brasileiro fala sobre a quarentena no Canadá - https://bit.ly/2W6HsRE
  • Foto: Pixabay
    Covid-19 pelo mundo: brasileiro fala sobre a quarentena no Canadá - https://bit.ly/2W6HsRE

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir