Aposentada arrecada tampinhas para pagar por castração de pets de rua

Beatriz Ceschim
20 de Janeiro de 2020


Crédito:

Segundo relatório do Instituto Pet Brasil (IPB) de 2019, a maior população de animais domésticos no Brasil é de cães e gatos, sendo mais de 54 milhões de cachorros e quase 24 milhões de felinos. Para manter a saúde dos pets em dia, umas das principais orientações dos especialistas é a castração.

Quando realizada no começo da vida do bichinho, a cirurgia previne uma série de doenças, conforme explica o médico veterinário Marcelo Borba. De acordo com ele, a castração diminui em até 90% o risco de desenvolvimento de doenças relacionadas à parte reprodutiva, como tumores e infecções; tanto em machos quanto em fêmeas; além de também contribuir para a manutenção da imunidade alta, o que ajuda a reduzir a ocorrência de outras doenças.

Leia mais: Fotógrafa retrata pets de pelos pretos para incentivar adoção
Gatos gigantes e cães diferentões: veja os pets mais fofos e exóticos

Para contribuir com a castração de animais em situação de rua em Goiânia, a farmacêutica e servidora pública aposentada Regina Célia Menezes idealizou o projeto Tampatas. Trata-se de uma campanha solidária que arrecada tampinhas de embalagens para reciclagem. Atualmente são mais de 200 pontos de coletas, entre eles o Hotel Go Inn Estação da Moda Goiânia.

A castração põe fim ao ciclo do abandono e evita as consequências como maus tratos e problemas de saúde, é o que afirma a idealizadora e organizadora do projeto, Regina Célia Menezes. Segundo ela, a iniciativa não só protege os animais, como também é uma questão de saúde pública e sustentabilidade.

“Tampas plásticas que iriam para o lixo e virariam mais um resíduo em aterros sanitários têm um rumo diferente, a reciclagem. Então o projeto é uma reação positiva em cadeia. A população animal é beneficiada, a sociedade, o meio ambiente e também movimenta a economia das cooperativas e de famílias que vivem delas”, afirma.

Todas as tampinhas arrecadadas são vendidas para cooperativas e revertidas em castração da população de cães e gatos da capital goiana. “Para castrar um gato é necessário 120 kg de tampinhas. Já para cachorro é o dobro”, afirma Regina que iniciou as atividades em outubro de 2018 e já castrou mais de 200 animais em situação de rua.

Posto de coleta

Hotel Go Inn Estação da Moda Goiânia

Endereço: Av. Goiás Norte (Entrada pela Av. Oeste), 2151 – Qd 2.1 Lt – Área Setor Central – Goiânia – GO, Brasil

Horário de atendimento: 24 horas 

Tampinhas

As tampas que podem ser arrecadadas são as de potes de maionese, inseticidas, remédios, garrafas pets e até canetas. A população pode ajudar, juntar e deixá-las nos pontos de coleta. A tampinhas são recolhidas pela Regina e armazenadas em sua garagem para depois, quando alcançarem um número significativo, seguem para venda nas cooperativas. Os animais castrados são encaminhados pelos colaboradores do projeto para adoção responsável.

Veja também um ensaio fotográfico de pets tentando pegar seus petiscos.

  • Confira neste álbum 50 fotos engraçadas de cãezinhos gulosos

© 2017 Todos os direitos reservados - Busca Voluntária - website by: plyn!

Subir